Koren RH

www.korenrh.com.br

Koren RH - www.korenrh.com.br

O cliente como prioridade

Rapidez e eficiência são fundamentais para a satisfação do consumidor

Autor: Carlos Carnavalli Jr.

cliente
 

Um cliente satisfeito é o melhor e mais eficiente veículo de propaganda que qualquer empresa pode ter. Num mercado altamente competitivo como o de TI, Telecom e Inteligência, em que a obsolescência das tecnologias e dos processos avança em ritmo acelerado, a fidelização de clientes passa obrigatoriamente pela excelência no atendimento.

Com uma concorrência cada vez mais acirrada, independentemente do segmento de atuação, ficar privado da comunicação pode ter consequências devastadoras para os negócios. Numa eventualidade desse tipo, o mínimo que qualquer cliente espera é: solução rápida e eficiente.

Para garantir essa rapidez, na Dígitro a prioridade e a complexidade do caso determinam a ordem de atendimento, a princípio de forma remota. Temos mantido um elevado índice de solicitações plenamente solucionadas dessa maneira – procedimento que além da agilidade e eficiência se traduz também em economia de tempo e redução de custos, tanto para a empresa quanto para o cliente.

Na impossibilidade da solução remota, o atendimento in loco é feito por uma rede de parceiros técnicos presentes no Brasil em todas as capitais e nas principais cidades e também em diversos países da América Latina. Esses parceiros dispõem em seus estoques de todas as peças de reposição, os “kits spare parts”. Dessa forma, não necessitam requisitá-las à fábrica. Portanto, mais uma vez, o foco na redução de tempo e custo se faz presente.

Outro aspecto importante é tratar o cliente individualmente, entendendo e respeitando suas particularidades. Por isso, não temos artigos de prateleira. Oferecemos uma consultoria técnica altamente capacitada e comprometida no desenvolvimento de uma solução que atenda às necessidades específicas de cada um. Não há, no mercado, duas soluções iguais desenvolvidas pela Dígitro.

Além disso, o suporte tem início na plena capacitação do cliente para o uso da solução para ele desenvolvida, por meio de treinamentos presenciais e/ou à distância. O domínio sobre a solução proporciona capacidade e segurança para uso pleno de todos os recursos, reduz de modo significativo o risco de insatisfação e de problemas decorrentes da utilização inadequada.

Para proporcionar aos nossos clientes toda essa excelência e rapidez no atendimento, contamos com profissionais altamente qualificados que possuem diversas certificações entre as quais: Information Information Technology Infrastructure Library, ITIL. As boas práticas advindas dessa certificação resultaram num grande avanço na agilidade, na qualidade, no controle e organização do atendimento.

Por fim, não esperamos que o cliente se manifeste, ao contrário, mantemos um contato periódico com cada um deles para termos um feed back sobre o nível de satisfação com a solução desenvolvida e o atendimento oferecido.

Carlos Carnavalli Jr. é diretor de Projetos e Serviços da Dígitro Tecnologia.

Fonte: www.clientesa.com.br

 

 

5 diamantes da personalidade

Conheça 5 características de personalidade que são tão valiosas e raras como o diamante

O diamante bruto é muito difícil de lapidar. Entretanto, uma vez lapidado, se torna uma gema preciosa extremamente bela, valiosa e tão resistente que é usada na lapidação de outros diamantes.

diamantes

Durante a minha primeira experiência como gerente tive a oportunidade de trabalhar ao lado de uma das pessoas mais inteligentes e fantásticas que já conheci, e observar em sua personalidade aspectos (os quais considero tão preciosos como o diamante), que com certeza exercem um importante papel em seu sucesso pessoal e profissional.

Encontrei outros diamantes por meio do exemplo da minha esposa, e o diamante eu descobri em experiências da minha própria vida.

Assim como o diamante, essas características de personalidade são muito difíceis de lapidar, mas o resultado é mais valioso do que o próprio diamante.

1. Ter a capacidade de conseguir conhecimento e informações valiosas

 

A habilidade de obter informações precisas no momento em que elas se fazem necessárias é um maravilhoso diferencial. O mundo, cada vez mais dinâmico, é dirigido pelo conhecimento.

Vendedores buscam informações sobre seus clientes para conseguirem as melhores vendas, profissionais devem conhecer tudo sobre a empresa que pretende trabalhar, Empreendedores devem conhecer amplamente o mercado, seus potenciais clientes e também concorrentes. Quem tem a informação correta, sai sempre na frente.

2. Lembrar-se de todas as coisas, principalmente as mais importantes

 

Informação e conhecimento que não são lembrados no momento necessário não servem de nada. Isso não significa que você deve ter uma memória de elefante, mas deve encontrar meios, estratégias e ferramentas para nunca se esquecer de informações essenciais.

As pessoas que se lembram de todas as coisas são geralmente a que todos confiam.

3. Perceber coisas pequenas, mas importantes sobre as pessoas

 

Essa habilidade exige muito da pessoa, pois a mesma deverá parar de pensar em si mesma e começar a perceber os outros a sua volta.

Ao ser capaz de identificar as coisas consideradas importantes para as pessoas como, por exemplo, lembrar a data de aniversário do filho de seu melhor amigo, pedir para tirar a cebola da pizza, pois seu colega de trabalho não gosta, ou simplesmente perceber o estado de humor de uma pessoa e trata-la adequadamente, você os conquistará.

4. Cumprir com suas responsabilidades, sempre. (não dar desculpas por mais verdadeiras que sejam)

 

Acredito que essa seja uma das características mais difíceis, porém talvez a mais recompensadora. A responsabilidade a que me refiro está alguns níveis acima do que as pessoas geralmente compreendem. Significa assumir a culpa por um trabalho que não foi terminado, mesmo dependendo de fornecedores ou colaboradores, e encontrar um meio de completa-lo a tempo. Significa nunca dar desculpas por suas ações, mesmo que a desculpa seja realmente verdadeira.

5. Permita-se viver todas as oportunidades que a vida lhe oferece

 

Essa característica pode soar um tanto estranha a principio, mas garanto que fará uma enorme diferença em sua vida.

É muito interessante o que acontece quando nos permitimos agir mais, ao invés de ignorar as coisas que acontecem a nossa volta, como pessoas trocando pneu do carro, colegas de trabalho carregando algo pesado, filhos estudando para uma prova, um cano vazando em casa, um trabalho voluntário, um processo que possa ser melhorado na empresa e assim por diante. Faça o máximo de coisas que lhe for possível!

Fonte: www.administradores.com.br

Interior paulista: crescimento e empregos

Infraestrutura de primeira, centros de excelência em formação de profissionais e investimentos bilionários tornam as cidades do interior de São Paulo uma excelente opção para crescer na carreira com qualidade de vida

Marcia Kedouk, Ana Paula Ribeiro, Barbara Ragov, Erica Martin e Nataly Pugliesi, da 

campinas

Acelerador de partículas, em Campinas: 650 milhões de reais na construção de um novo equipamento, único da América Latina

São Paulo – Diariamente, o engenheiro de produção mecânica Leandro Kimura, de 31 anos, gastava 3 horas para ir e voltar do trabalho. Leandro percorria 70 quilômetros para se deslocar de sua casa, em Santo André, até a empresa, em Guarulhos, na Grande São Paulo, e regressar após o fim do expediente.

Foram mais de dois anos nessa rotina, até ele receber uma proposta de emprego, em março de 2012, da fabricante alemã de autopeças Eberspaecher, em Sorocaba, e mudar para o interior. O engenheiro não precisou nem fazer conta diante da oferta de aumento de 15% no salário, do menor custo de vida e da comodidade de trabalhar perto de casa.

“Queria muito fugir da loucura de São Paulo”, diz. Assim como Leandro, cada vez mais profissionais têm optado por sair da capital em busca de qualidade de vida e de melhores condições de trabalho. Segundo a consultoria Michael Page, desde junho aumentou 30% o número de currículos enviados por candidatos interessados em trabalhar no interior paulista.

As empresas têm feito o mesmo movimento, atraídas por menores custos de operação, oferta de mão de obra qualificada e proximidade com importantes centros de ensino e pesquisa. “Por essas razões, a região vem tirando investimentos que antes tinham o ABC paulista
como destino”, afirma Paulo Vicente Alves, professor de estratégia e gestão da Fundação Dom Cabral.

Com isso, mais oportunidades surgem fora da capital. De janeiro a agosto deste ano, foram abertas no interior 70.228 vagas a mais do que o total de empregos criados em 2012. No mesmo período, a cidade de São Paulo gerou apenas 12.162 postos de trabalho a mais do que no ano passado. As informações são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Os salários também estão mais atraentes. Segundo estudo exclusivo da Catho, feito a pedido da VOCÊ S/A, quem trabalha nos setores de agronegócio, veterinária e agropecuária em Jundiaí pode ganhar até 75% mais do que os empregados desses segmentos na capital.

Para a continuação da matéria basta acessar a fonte:

Exame/Abril

Diversificação de carreira: qual o momento certo de procurar novas atividades?

A diversificação de carreira pode acontecer por escolha profissional ou por necessidade

koren1

Ir em busca de um novo emprego e atuar em outra atividade não são, necessariamente, sinônimos de mudança definitiva na carreira, pois é possível dar continuidade num ramo profissional e, ao mesmo tempo, atuar em outros projetos.

A diversificação de carreira pode acontecer por escolha profissional ou por necessidade. Um dos momentos certos para iniciar uma nova atividade é quando você percebe que sua escolha profissional não explora alguns talentos naturais, seus interesses genuínos, ou coisas que você tem muito prazer em fazer. Você pode explorar essa nova atividade como hobby ou como uma carreira paralela. 

Outras pessoas diversificam atividades por necessidade, para complementar a renda. Rosangela Souza, especialista em gestão empresarial e sócia-diretora da Companhia de Idiomas e do Profcerto, comenta sobre essa questão da diversificação: “Minha orientação é que, mesmo sendo por necessidade, a pessoa que está em busca de algo novo opte por uma atividade que dê prazer e que esteja relacionada aos seus talentos naturais. Especialmente se ela não os explora na carreira principal”.

Rosangela cita sua própria experiência profissional como exemplo de atividades diferentes, que podem juntas complementar sua carreira e satisfação pessoal, “Eu sempre gostei de escrever. Fiz faculdade de Tradução/Interpretação, me tornei professora de inglês. Depois, empresária no segmento de idiomas. Hoje tenho uma empresa com mais de 100 professores e não posso nem pensar em dar aulas. Mas adoro. Então, busquei uma carreira paralela, que não me toma muito tempo, como professora de pós-graduação em Administração. Isso faz com que eu agregue minha experiência como empresária ao prazer de ensinar, além de me manter disciplinada para o estudo, o que também ajuda muito na vida empreendedora. Você pode ser executivo e ter uma banda com um amigo, pode ser empresária e escrever poesia, como minha sócia, Lígia Crispino. Enfim, pode e deve praticar o que tem prazer em fazer, e faz bem”.

Algumas fases da vida, de acordo com a empresária, também são propícias e favoráveis para um planejamento de novas atividades:

- No início da carreira: se o profissional recém-formado não tem certeza se sua área de graduação vai absorvê-lo, pode-se tentar uma carreira em duas frentes. Profissionais de todas as áreas estão envolvidos em estágios, programas de trainee e projetos autônomos. Essa geralmente é uma fase em que o profissional tem mais tempo de testar profissões.

- Alguns anos antes da aposentadoria: nessa fase, já temos o ninho vazio (filhos adultos ou já casados) e por mais que ainda estudemos, se já há uma estabilidade na carreira principal, pode haver tempo para experimentar outras. Este é um bom momento para reavaliar os talentos naturais e o que dá prazer e, aos poucos, transformar em carreira. Ao optar pela aposentadoria, o profissional pode ainda se manter ativo e remunerado com uma segunda carreira, iniciada anos antes.

Para Rosangela, “O melhor momento é aquele em que estamos motivados para a realização”.

Mas como saber se não é hora de fazer uma transição de carreira?

Se o profissional percebe que a empresa ou a profissão escolhida nunca atenderá as expectativas pessoais, talvez seja a hora de fazer uma transição. Ou será de ruptura, procurando e encontrando uma nova colocação, ou será gradual: com duas carreiras paralelas, até a escolha final.

A empresária dá algumas dicas para quem está planejando uma transição de carreira gradual:

a) Busca do autoconhecimento, mapeamento dos talentos e atividades que dão prazer;

b) Verificação do mercado. Ver se é possível explorar o que foi percebido, em uma carreira paralela, sem prejudicar a atual. Se não for possível, se representar muito sacrifício, melhor adiar o plano em alguns anos;

c) Exploração do networking e fazer prospecção de oportunidades;

d) Organização do tempo, para que a carreira principal não seja comprometida, uma vez que a paralela ainda está começando;

e) Condução das duas carreiras;

f) Observação sobre possibilidades de transição (é possível ter remuneração compatível com a primeira carreira? Estou mesmo exercendo meus talentos? Estou gostando da minha segunda carreira?);

g) Decisão pela transição que pode ser de ruptura ou gradual, dependendo da profissão. Por exemplo, um dentista que quer ser professor de faculdade, pode, aos poucos, fechando agenda para um trabalho e abrindo para o outro, até se consolidar na segunda.

Rosangela comenta que algumas palavras-chaves devem nortear a decisão pela diversificação ou transição de carreira: autoconhecimento sobre seus talentos e o que faz você feliz, planejamento para fazer transições graduais, e flexibilidade para entender que mudar carreira é quase sempre mudar tudo na vida.

Fonte: Portal Administradores